BrasilEconomiaFinanças

Rio Grande do Norte aprova auxílio de R$ 500 para órfãos de vítimas da covid

O governo do Rio Grande do Norte, por meio da governadora Fátima Bezerra (PT-RN), sancionou a lei que criou, nesta quarta-feira (5/01), o RN Acolhe, Programa Estadual de Proteção às crianças e aos adolescentes órfãos de vítimas da pandemia.

A iniciativa, trazida pelo Programa Nordeste Acolhe, que faz parte do Consórcio Nordeste, saiu na frente em relação à sugestão dada na CPI da Covid para indenizar crianças e adolescentes órfãos de vítimas da Covid-19. Além do RN, outros dois estados nordestinos já liberaram o auxílio.
A partir de fevereiro, 66 crianças devem receber o benefício, em 33 municípios do Estado. O valor mensal será de R$ 500, entregue a cada órfão, até que ele complete 18 anos.


“Em meio ao caos gerado por uma pandemia desta magnitude, é dever do Estado olhar pelos mais desamparados. Esta é uma forma que o nosso governo encontrou de garantir o direito a uma vida digna para essas crianças e adolescente. Precisamos acolher essas crianças, dando a elas proteção social, acolhimento, amor e esperança de dias melhores. Isso é mais dignidade para as nossas crianças!”, declarou Fátima.
A governadora lembrou ainda que para oferecer uma proteção integral, o benefício deve está alinhado com o acompanhamento sócio-assistencial das vítimas ou suas famílias.

Outras regiões que estão pagando o benefício são Maranhão e Piauí. Na seqüência serão Sergipe, Pernambuco e Paraíba, que têm suas respectivas leis aprovadas. A iniciativa do Consórcio Nordeste vai ser aplicada em todos os estados membros.

fonte: Afogados FM

Charles Maia

Site de noticia dinâmico e social. Trabalhos do dia a dia de nossa sociedade. Contando histórias de sucesso de povo sertanejos e trajetórias de orgulho de homens e mulheres que tanto contribuíram para o nosso crescimento e conhecimento.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo