Mundo

Peças arqueológicas são encontradas em terreno de Luciano Hang, no RS

Vinte peças de cerâmica indígena e louças do século 19 foram encontrados no terreno da loja Havan, do empresário Luciano Hang, situada em Rio Grande (RS), a 317 km de Porto Alegre.

O material está guardado na Universidade Federal do Rio Grande. Os primeiros vestígios arqueológicos foram encontrados em 4 de julho de 2019 pela Archaeos Consultoria em Arqueologia, contratada pela Havan para fazer a análise da área. As informações são do portal Uol.

O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) recomendou o bloqueio de parte da obra da loja. Na última semana, o assunto gerou polêmica após o presidente Jair Bolsonaro (PL) admitir que fez trocas na direção do Instituto ao receber reclamações de Luciano Hang.

Índice de brasileiros que nunca acreditam em Bolsonaro chega a 60%, diz Datafolha

As declarações de Bolsonaro resultaram na apresentação do senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) de uma notícia-crime contra o presidente no Supremo Tribunal Federal. O parlamentar pede que Bolsonaro seja investigado por prevaricação e advocacia administrativa. Indicado por Bolsonaro e recém-empossado ministro do Supremo, André Mendonça foi sorteado como relator da ação.

+ O economista Paulo Gala revela os caminhos para investir bem em 2022

O Ministério Público Federal instaurou um inquérito civil público sobre os achados arqueológicos. De acordo com o órgão, a investigação é sigilosa e está em curso, informou o Uol.

fonte: Três Editorial Ltda

Charles Maia

Site de noticia dinâmico e social. Trabalhos do dia a dia de nossa sociedade. Contando histórias de sucesso de povo sertanejos e trajetórias de orgulho de homens e mulheres que tanto contribuíram para o nosso crescimento e conhecimento.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo