MundoSaúde

Morre Rubinho Valença. Ele foi um dos idealizadores do Festival de Inverno de Garanhuns

O ex-presidente da Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (FUNDARPE) Rubinho Valença morreu, nessa segunda-feira, dia 13, no Recife. Ele tinha 56 anos e estava internado no Hospital Jayme da Fonte, com problemas cardíacos. A informação foi compartilhada nas redes sociais da Fundarpe, que lamentou a morte de Rubem, um dos idealizadores do Festival de Inverno de Garanhuns. Rubinho, como era popularmente conhecido, era advogado, compositor, poeta e produtor cultural.

Segundo a Fundarpe, foi na gestão de Rubinho Valença que surgiu o Festival de Inverno de Garanhuns, em 1991, pensado como um evento que reunisse diversas linguagens artísticas numa cidade do Agreste do Estado. Compositor e primo de Alceu Valença, compôs músicas ao lado de Alceu e também de Dominguinhos.

Em agosto de 2020, Rubinho Valença esteve em Garanhuns para receber o Título de Cidadão do Município, numa ação da Câmara de Vereadores, por iniciativa da então vereadora Betânia Monteiro. “Recebi com muita tristeza a notícia da morte do advogado, compositor e produtor Rubem Valença.

Ele deixa um legado importante na cultura de Pernambuco, a exemplo do Festival de Inverno, proposta que concebeu quando ocupou a presidência da Fundarpe, entre tantas outras. Quero manifestar minha solidariedade aos familiares e amigos neste momento de profundo pesar”, escreveu o governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB) nas redes sociais. (Com informações do JC Online. CONFIRA)

Charles Maia

Site de noticia dinâmico e social. Trabalhos do dia a dia de nossa sociedade. Contando histórias de sucesso de povo sertanejos e trajetórias de orgulho de homens e mulheres que tanto contribuíram para o nosso crescimento e conhecimento.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo