Curiosidade

Morre a bilionária Lily Safra, uma das mulheres mais ricas do mundo

Redação Finanças

sáb., 9 de julho de 2022 1:59 PM

Morreu aos 87 anos a bilionária Lily Safra, uma da mulheres mais ricas do mundo. Foto: REUTERS/Eric Gaillard.
Morreu aos 87 anos a bilionária Lily Safra, uma da mulheres mais ricas do mundo. Foto: REUTERS/Eric Gaillard.
  • A bilionária gaúcha Lily Safra, uma das mulheres mais ricas do mundo, morreu neste sábado (9) aos 87 anos;
  • Lily, que possuía uma fortuna estimada em US$ 1,3 bilhão, foi casada durante 23 anos com o banqueiro libanês naturalizado brasileiro Edmond Safra;
  • Edmond Safra morreu em 1999 vítima de um incêndio em seu apartamento na cidade-estado de Mônaco.

A bilionária gaúcha Lily Safra, uma das mulheres mais ricas do mundo, morreu neste sábado (9) aos 87 anos na cidade de Genebra, na Suíça. A causa do óbito não foi divulgada.

Lily, que possuía uma fortuna estimada em US$ 1,3 bilhão, cerca de R$ 6,8 bilhões na cotação atual, foi casada durante 23 anos com o banqueiro libanês naturalizado brasileiro Edmond Safra, que morreu em 1999 vítima de um incêndio em seu apartamento na cidade-estado de Mônaco.

Ela adquiriu parte de seu patrimônio nesse período. Na época, teorias conspiratórias foram alimentadas e o assunto ganhou as manchete globais. O caso foi encerrado depois que o enfermeiro que cuidava do bilionário foi condenado pelo crime.

Antes de se casar em 1976 com Safra, seu quarto marido, Lily foi casada com o empresário Alfredo Monteverde, fundador da rede varejista Ponto Frio. Ele se suicidou em 1969 em seu apartamento. Em seguida, a viúva herdou uma participação na empresa.

Ela a vendeu em 2009 por US$ 340 milhões, quase R$ 1,8 bilhão, para a companhia varejista Grupo Pão de Açúcar. Em 2015, a negociação resultou em um processo vencido por Lily.

Charles Maia

Charles Maia

Site de noticia dinâmico e social. Trabalhos do dia a dia de nossa sociedade. Contando histórias de sucesso de povo sertanejos e trajetórias de orgulho de homens e mulheres que tanto contribuíram para o nosso crescimento e conhecimento.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo