Estilo de vida

Médico explica por que ficamos com dor depois de fazer exercício


Muito provavelmente você já deve ter tido a experiência de ficar todo dolorido após fazer um exercício na academia ou praticar algum esporte, mas já se perguntou por que sentiu essa dor? Guilherme Dilda, médico do esporte da clínica Care Club e da equipe do Palmeiras, explicou o motivo durante participação no quinto episódio da segunda temporada do Conexão VivaBem, atração que faz parte da programação do UOL no Verão.

Segundo Dilda, isso ocorre por algo que tecnicamente chamando DOMS, sigla em inglês para Dor Muscular de Início Tardio. “Quando a gente faz um esforço, um exercício numa intensidade acima do que estamos adaptados a fazer, principalmente as pessoas que estão começando agora, de certa forma, o exercício causa microrrupturas musculares. Essas microrrupturas levam a uma inflamação e isso gera dor muscular tardia”.

Ainda de acordo com o médico, essa dor vai ter um pico de 24 a 48 horas após o exercício. “É algo normal, que faz parte da adaptação do indivíduo que está voltando a praticar exercício físico”, disse.

Essa dor tende a regredir e, após dois, três dias, diminuir. No entanto, se ela permanecer por mais de sete dias, se ela aparecer durante o treinamento ou se a pessoa apresentar alteração da coloração da urina, todas essas são condições que precisam ser avaliadas para entender se está tudo bem ou se existe alguma outra alteração que precisa ser tratada, alertou Dilda.

Toda semana, convidados especiais e especialistas vão conversar com Mariana Ferrão sobre saúde, alimentação e equilíbrio mental de um jeito leve e divertido. Fique ligado em VivaBem e em nossas redes sociais para acompanhar toda a programação.

fonte: UOL

Charles Maia

Site de noticia dinâmico e social. Trabalhos do dia a dia de nossa sociedade. Contando histórias de sucesso de povo sertanejos e trajetórias de orgulho de homens e mulheres que tanto contribuíram para o nosso crescimento e conhecimento.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo