Dicas de Empregos

Agropecuária gera o maior número de vagas de trabalho desde 2011

A agropecuária brasileira gerou aproximadamente 141 mil postos de trabalho formais de janeiro a dezembro de 2021. É o maior saldo de vagas desde 2011, quando a quantia de novos empregos com carteira assinada no setor ficou em cerca de 86 mil.

Os dados são da Confederação Nacional da Agricultura (CNA) e foram compilados a partir de informações do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho e Previdência. Em 2021, a agropecuária contribuiu com 5% do total de vagas criadas no Brasil (quantidade próxima de 3 milhões).

De acordo com a CNA, o volume de novos empregos gerados pelo agropecuária ao longo de 2021 é quase quatro vezes maior que o saldo de 2020: quase 36 mil. Entre as atividades do campo, as que mais contribuíram para a criação de novas vagas durante o ano passado foram o cultivo de soja (22 mil), a criação de bovinos para corte (21 mil) e cultivo de cana-de-açúcar (9 mil).

A Região Sudeste registrou a maior parte do saldo: 79 mil. Na segunda posição aparece o Nordeste (20 mil), seguida do Centro-Oeste (18 mil), Sul (quase 9 mil) e Norte (8 mil).

Os dados do Caged mostram 1,7 milhão de trabalhadores empregados pela agropecuária em dezembro de 2021, o resultado é 8% maior que a quantidade no mesmo mês em 2020.

“Para 2022, poderemos esperar a criação de mais vagas de emprego, mas talvez em um ritmo um pouco mais lento do que o observado em 2021, que contou com o retorno ao mercado de trabalho de muitas pessoas que perderam seus postos em 2020”, afirmou a CNA.

Créditos: Revista Oeste.

Charles Maia

Site de noticia dinâmico e social. Trabalhos do dia a dia de nossa sociedade. Contando histórias de sucesso de povo sertanejos e trajetórias de orgulho de homens e mulheres que tanto contribuíram para o nosso crescimento e conhecimento.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo