Noticia Urgente

Suspeito diz à polícia que esquartejou e enterrou corpos de Dom e Bruno

O pescador Amarildo da Costa Oliveira, o “Pelado”, disse à Polícia Federal (PF) que esquartejou e enterrou os corpos do indigenista Bruno Araújo Pereira, e do jornalista Dom Phillips, do jornal The Guardian.

Segundo informações divulgadas pelo portal UOL, Pelado afirmou que não atirou na dupla e que recebeu os corpos queimados. Amarildo contou ainda que uma segunda pessoa o ajudou a esquartejar e a enterrar os corpos.

Os irmãos Oseney da Costa de Oliveira e Amarildo da Costa Oliveira, presos pelo suposto envolvimento no desaparecimento, confessaram o assassinato dos dois nesta quarta-feira. A PF levou um suspeito ao local do desaparecimento do indigenista Bruno Pereira e do jornalista Dom Phillips.

A PF não revelou a identidade do suspeito, o homem suspeito estava totalmente coberto, por isso, não é possível saber se era Amarildo Oliveira, mais conhecido como Pelado, ou seu irmão, Oseney de Oliveira, o Do Santos.

Dos Santos foi preso temporariamente na terça-feira (14). Os irmãos são suspeitos de envolvimento nos desaparecimentos. Pelado e Dos Santos são pescadores e vivem na comunidade São Gabriel, onde moram ribeirinhos.

Charles Maia

Site de noticia dinâmico e social. Trabalhos do dia a dia de nossa sociedade. Contando histórias de sucesso de povo sertanejos e trajetórias de orgulho de homens e mulheres que tanto contribuíram para o nosso crescimento e conhecimento.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo