BrasilEconomia

Quanto tempo preciso trabalhar para receber o seguro-desemprego?

Um dos principais benefícios do trabalhador que exerce atividade formalmente, ou seja, de carteira assinada é o direito de receber o seguro-desemprego em caso de demissão sem justa causa.

Todavia, o seguro-desemprego é um benefício que costuma gerar muitas dúvidas por parte dos trabalhadores, como por exemplo, quantos meses são necessários trabalhar para garantir direito ao benefício? Ou ainda quantas parcelas de seguro-desemprego o trabalhador pode receber?

Se você também quer saber quantos meses são necessários trabalhar para garantir o seguro-desemprego, por quanto tempo o benefício pode ser pago e ainda qual o valor do benefício, continue acompanhando!

Entenda o seguro-desemprego

Inicialmente é necessário esclarecer que só pode garantir o seguro-desemprego o trabalhador que for demitido sem justa causa e que esteja desempregado, quando for solicitar o benefício.

No caso do seguro-desemprego o benefício é pago com uma quantidade de 3 a 5 parcelas dependendo do tempo de trabalho, veja:

  • Recebe 3 parcelas o trabalhador que comprovar pelo menos 6 meses de trabalho;
  • Recebe 4 parcelas o trabalhador que comprovar pelo menos 12 meses de trabalho;
  • Recebe 5 parcelas o trabalhador que comprovar a partir de 24 meses trabalhados.

Contudo, outro ponto que impacta na solicitação do benefício é a quantidade de vezes que o trabalhador já recebeu o seguro-desemprego.

Isso porque quem solicita o seguro-desemprego pela primeira vez terá que ter trabalhado pelo menos 12 meses com carteira assinada nos últimos 18 meses imediatamente anteriores à data da demissão.

No caso da segunda vez solicitando o seguro-desemprego, o trabalhador precisará ter trabalhado pelo menos 8 meses nos últimos 12 meses imediatamente anteriores à data de sua demissão.

Por fim, o trabalhador que solicita o seguro-desemprego pela terceira vez em diante precisará ter trabalhado por pelo menos 6 meses.

Qual o valor do seguro-desemprego?

O valor máximo que o trabalhador pode receber de seguro desemprego este ano é de R$ 2.106,08, já o valor mínimo é de um salário, ou seja, R$ 1.212.

O que garante o valor que o trabalhador vai receber de seguro-desemprego é a média salarial dos últimos três meses anteriores à demissão, que são utilizados para cálculo do benefício.

Confira o valor do seguro-desemprego de 2022, de acordo com as faixas de salário médio necessários ao cálculo do benefício:

  • Trabalhador que recebe até R$ 1.858,17: multiplica-se o salário médio por 0,8;
  • Trabalhador que recebe de R$ 1.858,17 a R$ 3.097,26: o que exceder a R$ 1.858,17, multiplica-se por 0,5 e soma-se com R$ 1.486,53;
  • Trabalhador que recebe acima de R$ 3.097,26: o valor será sempre de R$ 2.106,08.

fonte: Jornal Contábil

Charles Maia

Site de noticia dinâmico e social. Trabalhos do dia a dia de nossa sociedade. Contando histórias de sucesso de povo sertanejos e trajetórias de orgulho de homens e mulheres que tanto contribuíram para o nosso crescimento e conhecimento.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo