Economia

Empréstimo de R$ 3.000 da Caixa: quem tem direito e como pedir?

Veja se você tem direito ao novo programa de crédito do Governo.

Algumas pessoas estão curiosas com o anúncio de que a Caixa Econômica Federal estaria com um novo programa de empréstimo voltado para um grupo específico no valor de no máximo R$ 3 mil.

Veja também: Novo saque do FGTS paga até R$ 1.000, mas revisão pode ultrapassar os R$ 10 mil

Muitas pessoas querem saber se fazem parte do grupo que está apto a poder pegar essa linha de crédito e se as taxas de juros e parcelas são acessíveis, já que contratar um empréstimo no Brasil é algo que deve ser feito com muita responsabilidade, pois em muitos casos esses são os grandes problemas que acabam afundando a vida financeira de uma pessoa.

Então, a Caixa Econômica Federal criou o Sim Digital, uma linha de crédito digital no valor de até R$ 3 mil concedida a pessoas que têm uma microempresa. Além de ser apenas através de crédito digital, as taxas e juros para quem contratar serão baixíssimas, para não atrapalhar a renda, já que a ideia por trás desse empréstimo é ajudar as pequenas empresas a crescerem. Afinal, R$ 3 mil podem parecer pouca coisa quando falamos sobre empresa, mas é um valor muito útil quando se está começando.

O programa Sim Digital do governo passa a valer a partir do dia 28 de março e vai contemplar todos os donos de microempresa, oferecendo juros que vão partir de 1,99% ao mês e parcelas que podem se estender em até 24 vezes.

Vale lembrar ainda que pessoas físicas também vão estar aptas a receber um empréstimo, porém sem MEI as regras acabam mudando um pouco. Por exemplo, em vez de poder pegar R$ 3 mil em crédito digital, as pessoas físicas vão poder pegar até no máximo R$ 1 mil. No entanto, as taxas vão ser ainda menores, partindo de 1,95%, também podendo parcelar em até 24 vezes.

As pessoas físicas que quiserem o empréstimo podem ainda conseguir mesmo que estejam com o nome negativado. Isso porque o governo entende que sobretudo as pessoas negativadas precisam de um incentivo financeiro agora. E as taxas de juros são baixas o suficiente para não comprometerem a renda daqueles que queiram o empréstimo de R$ 1 mil.

E mesmo sendo crédito digital, as pessoas físicas ou negativadas podem tirar proveito do valor. Isso porque, para as pessoas físicas, o dinheiro pode ser contratado através do Caixa Tem. Dessa forma a pessoa pode usar o valor pelo próprio aplicativo, que permite o pagamento de contas, boletos e até o uso da função PIX.

Apesar disso, vale lembrar que isso se encaixa somente para pessoas físicas. As jurídicas ainda vão precisar ir a uma agência da Caixa Econômica Federal para poder contratar o empréstimo. Contudo,  o Governo afirmou que em breve eles poderão fazer pelo privativo também.

Charles Maia

Fonte: CEF

Charles Maia

Site de noticia dinâmico e social. Trabalhos do dia a dia de nossa sociedade. Contando histórias de sucesso de povo sertanejos e trajetórias de orgulho de homens e mulheres que tanto contribuíram para o nosso crescimento e conhecimento.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo