Educação

Concurso educação Recife: 400 vagas autorizadas!

A Prefeitura de Recife autorizou concurso público para o preenchimento de 400 vagas de temporários. O anúncio foi divulgado no Diário Oficial do Município desta segunda-feira, 21 de fevereiro (concurso educação Recife).

As oportunidades serão divididas para os seguintes cargos:

  • 200 vagas para Auxiliar de Desenvolvimento Infantil
  • 200 vagas para Agente de Apoio ao Desenvolvimento Escolar Especial.

Conforme apresentado no documento, a justificativa pela realização do novo concurso educação Recife se deve pela baixa quantidade de servidores, insuficiente para atender a demanda de serviços educacionais nas unidades de Educação Infantil e de Educação Especial de crianças e adolescentes.

Os contratos temporários serão de 12 meses, mas podem ser prorrogados.

A contratação temporária do concurso educação Recife será feitas através de uma seleção simplificada, onde os critérios serão definidos pela Secretário de Educação e pelo Secretário de Planejamento, Gestão e Transformação Digital do Município.

A autorização do concurso educação Recife temporários já estabelece que será reservado o percentual de 10% das vagas para candidatos com deficiência.

Os salários iniciais para o cargo de Auxiliar de Desenvolvimento Infantil é de R$ 2.759,85. Já para a função de Agente de Apoio ao Desenvolvimento Escolar Especial, o valor é de R$ 2.664,05.

concurso educação Recife temporários solicita que os candidatos tenham nível médio de formação escolar.

Atribuições concurso educação Recife

O documento que autoriza a contratação de 400 profissionais para a educação do estado apresenta as atribuições de cada cargo. Veja a seguir:

Auxiliar de Desenvolvimento Infantil

  • a) Atuar junto às crianças nas diversas fases de Educação Infantil, auxiliando o professor no processo de ensino-aprendizagem
  • b) Auxiliar as crianças na execução de atividades pedagógicas e recreativas diárias
  • c) Cuidar da higiene, alimentação, repouso e bem estar das crianças
  • d) Auxiliar o professor na construção de atitudes e valores significativos para o processo educativo das crianças
  • e) Planejar junto com o professor regente, atividades pedagógicas próprias para cada grupo infantil
  • f) Auxiliar o professor no processo de observação e registro das aprendizagens e desenvolvimento das crianças
  • g) Auxiliar o professor na construção de material didático, bem como na organização e manutenção deste material
  • h) Responsabilizar-se pela recepção e entrega das crianças junto às famílias, mantendo um diálogo constante entre família e creche
  • i) Acompanhar as crianças, junto às professoras e demais funcionários em aulas-passeio programados pela creche

Agente de Apoio ao Desenvolvimento Escolar Especial

  • a) Realizar a recepção do/a aluno/a com deficiência na escola; acompanhá-lo/a até a sala de aula e, ao término das atividades, acompanhá-lo/a até o portão da escola;
  • b) Auxiliar nas atividades de higiene, troca de vestuário e/ou fraldas/absorventes, higiene bucal durante o período em que o/a aluno/a com deficiência permanecer na escola, inclusive nas atividades
  • extracurriculares e dias de reposição de aulas;
  • c) Utilizar luvas descartáveis nos casos exigidos por Lei e descartá-las após o uso, em local adequado, obedecidas, quanto ao descarte, as normas específicas deste tipo de resíduo sólido;
  • d) Acompanhar o/a aluno/a com deficiência no horário do intervalo, até o local apropriado para mastigação e/ou deglutição, realizando a higiene necessária e encaminhando-o/a, a seguir, à sala de aula;
  • e) Dar assistência nas questões de mobilidade ao/a aluno/a com incapacidade deambulatória total ou parcial nos diferentes espaços educativos, inclusive no tocante à transferência da cadeira de rodas
  • para outros mobiliários e/ou espaços e vice-versa; cuidar quanto ao posicionamento adequado às condições do/a aluno/a com deficiência nas carteiras escolares e auxiliá-los nas atividades desenvolvidas
  • na escola, bem como nas extracurriculares, conferindo-lhes apoio à realização das tarefas que couberem ao discente com deficiência;
  • f) Permanecer durante o período de aula do/a aluno/a com deficiência dentro da sala, realizando suas funções e auxiliando o/a aluno/a com deficiência durante o desenvolvimento das atividades escolares;
  • g) Auxiliar e acompanhar o/a aluno/a com deficiência com Transtorno Global de Desenvolvimento – TGD para que este/a se organize e participe efetivamente das atividades desenvolvidas pela escola,
  • possibilitando sua plena integração ao respectivo grupo-classe;
  • h) Comunicar à direção da Unidade Educacional, em tempo hábil, a necessidade de aquisição de materiais para higiene do/a aluno/a com deficiência, de modo a evitar-lhe qualquer constrangimento
  • decorrente da falta de material de higiene;
  • i) Zelar pela higiene e manutenção dos materiais utilizados para alimentação e higiene do/a aluno/a com deficiência;
  • j) Adotar medidas preventivas e propiciar as condições adequadas para evitar-se risco a saúde e ao bem estar do/a aluno/a com deficiência;
  • k) Reconhecer as situações que necessitem de intervenção externa no âmbito escolar tais como: socorro médico, maus tratos, entre outros, que deverão seguir os procedimentos já previstos e realizados na Unidade Educacional.

Edital da SEE PE pode ser publicado em março

É importante ressaltar que outro certame para educação pode acontecer no estado. O governo de Pernambuco anunciou que vai abrir um novo edital para a Secretaria de Educação Estadual (SEE PE).

De acordo com a deputada estadual Teresa Leitão, o concurso já esta com banca definida e será publicado até o final de março. Confira mais detalhes aqui!

O último concurso SEE PE aconteceu em 2015, sob os cuidados da banca FGV, com oferta de 200 vagas.

Na época, os salários pagos variaram entre os valores de R$ 1.438,34 e R$ 1.917,78, para jornadas de 150h ou 200h mensais. Foram cobrados os conteúdos de português, conhecimentos pedagógicos e conhecimentos específicos (por área de atuação).

Resumo

  • Concurso educação Recife
  • situação: autorizado
  • vagas: 400 temporárias
  • escolaridade: nível médio
  • salários: R$ 2.664,05 a R$ 2.759,85

fonte: DIREÇÃO CONCURSOS

Charles Maia

Site de noticia dinâmico e social. Trabalhos do dia a dia de nossa sociedade. Contando histórias de sucesso de povo sertanejos e trajetórias de orgulho de homens e mulheres que tanto contribuíram para o nosso crescimento e conhecimento.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo