Economia

Auxílio Brasil: Como consultar valor, liberação da parcela e calendário no aplicativo

O Auxílio Brasil, programa que substituiu o Bolsa Família, começou a ser pago pelo Governo Federal no mês de novembro. Na última quinzena do mesmo mês, a Caixa Econômica Federal, instituição responsável pelo pagamento do benefício, lançou o app Auxílio Brasil CAIXA.

Com o novo app Auxílio Brasil CAIXA é possível consultar o valor do benefício e as datas de pagamento. Porém, antes de baixar, as orientações é verificar se o app não é fraudulento. Para tanto, o desenvolvedor deve ser a Caixa Econômica.

Além disso, o nome é Auxílio Brasil CAIXA, com fundo azul e a palavra “Brasil” nas cores verde e amarela. Após conferir esses detalhes e baixar o aplicativo, basta seguir as orientações abaixo para consultar o benefício:

  • Abra o aplicativo;
  • Escolha o acesso utilizando uma das opções sugeridas:
    • Usando a senha do aplicativo do Bolsa Família;
    • Senha do aplicativo Caixa TEM;
    • Senha do app FGTS;
    • Senha do app Caixa Trabalhador;
    • Fazendo o cadastro no aplicativo.
  • Coloque o número do CPF e a senha;
  • Consulte o benefício e o calendário de pagamento.

Outra maneira de consultar o Novo Bolsa Família é por meio do telefone 0800 426 02 07, telefone da Caixa Econômica Federal. Nesse caso, deve digitar a opção 3 (Auxílio Brasil e demais programas). Depois, selecionar a opção 4 (para saber se você foi incluído). Por fim, digitar o número do CPF ou do NIS.

Valor do Auxílio Brasil

Neste mês, o governo começou a pagar R$ 400 para os beneficiários do Novo Bolsa Família. No mês passado, houve apenas um reajuste de R$ 192 para R$ 224. O governo pretende pagar, de forma retroativa, os R$ 176.

O valor recebido pelas famílias é variável, conforme a composição familiar. Isso porque o programa é constituído por diversos benefícios, sendo cada um voltado para uma situação específica. Veja abaixo:

  • Benefício Primeira Infância: famílias com crianças de até 3 anos recebem o valor de R$ 130;
  • Benefício de Superação da Extrema Pobreza: jovens de 18 a 21 anos incompletos recebem R$ 65, o intuito é o incentivo para que os jovens concluam a escolarização;
  • Benefício Composição Familiar: para famílias que tenham gestantes, ou pessoas de 3 a 17 anos de idade, ou de 18 a 21 anos matriculados na educação básica. O valor do benefício será de R$ 65 por pessoa, no limite de até cinco benefícios por família;
  • Auxílio Esporte Escolar: estudantes de 12 a 17 anos incompletos que se destacam em competições oficiais do sistema de jogos escolares brasileiros e que são de famílias beneficiárias do Auxílio Brasil recebem parcela única de R$ 1 mil ou R$ 100 mensais;
  • Bolsa de Iniciação Científica Júnior: para estudantes com bom desempenho em competições acadêmicas. O valor é de 12 parcelas mensais de R$ 100 ou R$ 1 mil em parcela única;
  • Auxílio Criança Cidadã: para o responsável de criança de até 4 anos incompletos que tenha fonte de renda, mas não consiga vaga em creches públicas ou de rede conveniada. O valor é de R$ 200 para crianças matriculadas em período parcial e R$ 300 em período integral;
  • Auxílio Inclusão Produtiva Rural: destinado para agricultores familiares inscritos no Cadastro Único para programas sociais do Governo Federal (CadÚnico). O valor recebido deve ser de R$ 200;
  • Auxílio Inclusão Produtiva Urbana: destinado para quem comprovar vínculo de emprego formal. Valor recebido deve ser de R$ 200;
  • Regra de Emancipação: para beneficiários que tiveram aumento de renda per capita ultrapassando o limite para a inclusão no auxílio, estes serão mantidos na folha de pagamento por mais 24 meses.

Número de beneficiários

O Auxílio Brasil pretende ampliar o número de beneficiários e o valor médio de pagamento. O valor médio de R$ 400, assim como pretendia o governo, já começou a ser pago neste mês.

Porém, o número de contemplados continua o mesmo. Atualmente, os 14,5 milhões de famílias que já era beneficiadas pelo Bolsa Família foram migrados automaticamente para o Auxílio Brasil. Porém, a estimativa do governo é aumentar esse número em mais 2 milhões, de forma gradual.

Critérios do Novo Bolsa Família

Serão contempladas as famílias consideradas de extrema pobreza com renda per capita mensal de até R$ 105. Também serão beneficiadas as famílias em situação de pobreza com renda per capita mensal de até R$ 210.

Nesse último caso, desde que tenham em sua composição gestante ou adolescente de até 21 anos. Ambas as famílias precisam estar inscritos no CadÚnico e estarem com os dados atualizados há, pelo menos, dois anos.

Exigências do Auxílio Brasil

Assim como o Bolsa Família, os beneficiários precisaram atender a algumas exigências do novo programa para continuarem tendo direito ao recebimento da ajuda financeira. Cada grupo familiar possui exigências específicas, veja abaixo:

  • Crianças e adolescentes com idade escolar (entre 6 e 15 anos) devem ter, no mínimo, 85% de presença nas aulas;
  • Os jovens entre 16 e 17 anos, a frequência mínima exigida é de 75%;
  • Crianças menores de 7 anos precisam estar com as vacinas em dia e devem comparecer ao posto de saúde para realizar o monitoramento e o acompanhamento do crescimento;
  • Gestantes devem comparecer às consultas de pré-natal e participar de atividades educativas ofertadas pelo Ministério da Saúde sobre aleitamento materno e alimentação saudável;
  • Acompanhamento de saúde das mulheres que possuem 14 a 44 anos de idade.

Calendário Auxílio Brasil

O calendário do novo programa ocorre de forma escalonada, conforme o final do Número de Identificação Social (NIS). As datas do próximo ano ainda não foram divulgadas pela Caixa Econômica Federal. Veja abaixo as datas deste mês:

Final do NISDatas de pagamento
110 de dezembro
213 de dezembro
314 de dezembro
415 de dezembro
516 de dezembro
617 de dezembro
720 de dezembro
821 de dezembro
922 de dezembro
023 de dezembro

Charles Maia

Site de noticia dinâmico e social. Trabalhos do dia a dia de nossa sociedade. Contando histórias de sucesso de povo sertanejos e trajetórias de orgulho de homens e mulheres que tanto contribuíram para o nosso crescimento e conhecimento.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo